Sinais de Alerta das Infeções Sexualmente Transmissíveis

O sexo faz parte da nossa vida! É algo de natural, normal e saudável.

Existem várias infeções que se transmitem através do contacto sexual, chamadas de sexualmente transmissíveis (IST). Durante muitos séculos estas doenças foram designadas doenças venéreas, por ser Vénus o nome da deusa que, segundo os Romanos, "tutelava" as relações amorosas. São doenças provocadas por bactérias, fungos, vírus e parasitas. Transmitem-se por contacto corporal durante as relações sexuais, quando um dos parceiros se encontra infetado. A relação sexual não é a única forma de transmissão, apenas a mais frequente. A pessoa infetada pode ou não exibir sinais exteriores da doença. Uma pessoa que está infetada e transmite a doença mas não apresenta os sintomas, é um portador.

Porque é que é importante saber se tem uma doença sexualmente transmissível?

Muitas destas doenças podem causar danos permanentes a curto ou a longo prazo, incluindo infertilidade e morte se não forem tratadas ou controladas. A falta de informação e/ou o desconhecimento dos sintomas leva à desvalorização da doença contribuindo para a sua transmissão.

Sinais de alerta  no caso da mulher:

- dor na parte inferior do abdómen, sobretudo quando esta se repete com frequência;

- líquidos vaginais brancos ou amarelados e com mau cheiro;

- comichão, inchaço ou sensação de queimadura na vulva, vagina ou anus;

- sensação de ardor ao urinar;

- lesões na pele e mucosas dos órgãos sexuais.

No caso do homem, há que tomar medidas quando sentir:

- corrimento, tipo pus, a sair do pénis;

- lesões na pele e mucosas dos órgãos sexuais;

- sensação de ardor ao urinar.

 

Em jeito de conclusão:

A observação de qualquer alteração estranha nos órgãos sexuais justifica uma ida ao médico. Os microrganismos causadores destas infeções podem ser pesquisados diretamente nos fluidos biológicos (exemplos: exsudado vaginal, exsudado uretral, liquido de lesões, urina) ou, indiretamente , através dos anticorpos existentes no sangue do indivíduo.

 

 

Voltar