Guia do Utente

Rastreio Bioquímico - Sindrome de Down - Gravidez

O rastreio pré-natal consiste em determinar a relação entre os níveis de três substâncias produzidas pelo feto e que se encontram no sangue materno. É utilizado para detetar gestações com um risco elevado de anomalias congénitas, tais como síndrome de Down (mais conhecido por mongolismo), o mais frequente e pouco evidente na ecografia, ou malformações do cérebro (anencefalia) ou da medula espinal (espinha bífida). Se a análise apontar para a existência de problemas, poderão ser realizados exames mais invasivos, mas também mais precisos.
É necessário ter em atenção que este teste não dá qualquer garantia! Apenas indica o grau de probabilidade de o feto vir a ter algum tipo de anomalia.

Rastreio bioquímico do 1º Trimestre - entre a 11ª e 13ª semana e 6 dias de amenorreia
ACONSELHADO A TODAS AS GRÁVIDAS

Rastreio bioquímico do 2º Trimestre - entre a 14ª e 17ª semana e 6 dias de amenorreia
Aconselhamos o rastreio do 2º trimestre às grávidas que não tenham efetuado o 1º trimestre.


Podem ser efetuados em qualquer posto de colheitas.